Outra visão!

Este blog foi criado para ajudar os animais que não tem ninguém por eles,e para mostrar que podemos fazer a diferença adotando um animal,e tirando esses animais das ruas, protegendo-os de pessoas más que maltratam eles.


Por isso seja solidário-Adote um Animal ;)

Quem sou eu

Minha foto
A realidade é que os animais se tornaram descartáveis: quando são filhotes são bonitinhos e quando crescem se tornam indesejáveis.Infelizmente o mundo não está seguindo a tarefa do criador e com isso cada vez mais os animais estão sofrendo pela irresponsabilidade dos seres humanos, os únicos destinados a cuidar dos animais.

Me adote por favor....

Na capital de São Paulo,existem cerca de 1,5 milhão de cães.
Um cão para sete habitantes.O centro de controle de Zoonoses(CCZ) de São Paulo recolhe 24 mil animais por ano,destes somente 1500 são adotados,19 mil animais são sacrificados todos os anos.
Os animais merecem respeito e compaixão pois são capazes de sentir,medo,dor,fome,sede,solidão,tristeza e saudades,além de vários outros sentimentos que nós,humanos,sentimos.

Todos merecem uma família e eles também.

segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Tire suas dúvidas!



Uma pesquisa feita em Paris, na França, revelou que 76% dos entrevistados acreditam que a presença de um animal doméstico favorece a comunicação entre os membros de uma família. Um grupo de 60 crianças foi observado e concluiu-se que 63% delas possuíam animais de companhia como: cão, gato, pássaro, peixe ou tartaruga. Os resultados da pesquisa confirmam a importância desses animais no desenvolvimento da afetividade de crianças e adolescentes. O fato do animal estar permanentemente disponível para o convívio com os seus jovens donos aparece na pesquisa como um fator-chave para o relacionamento entre os familiares e também torna os animais domésticos, uma presença de grande importância nos lares.
As crianças que se criam junto com animais de estimação apresentam muitos benefícios. O despertar de sentimentos positivos para o animal pode contribuir para a auto-estima e autoconfiança da criança. Um bom relacionamento com os animais pode também ajudar no desenvolvimento na comunicação não verbal, a compaixão e empatia.
Ter um animal também requer cuidados e estes cuidados, orientados por um adulto, estimulam a autonomia e a responsabilidade. Cuidar da limpeza do animal e do seu habitat, cuidar da sua alimentação, dividir o seu pão e oferecer-lhe  um pedaço da sua bolacha, medicá-lo quando necessário, também favorece o desenvolvimento do vínculo afetivo e a lidar com os mais diversos sentimentos, da frustração à alegria e até à morte. É neste aspecto da vida e da morte que o animal de estimação tem um papel muito importante, pois a criança aprende a lidar com a perda e com a dor.
Enfim, são inúmeros os benefícios de ter um animal de estimação em casa.


Fonte: animal guia web

2 comentários:

N. Furtado disse...

Gosto de animais de estimação, mas mamãe não deixa ter em casa.. rs

Parabéns pelo Blog!

Regina disse...

OPaaa Agora sim heinN!!

Upaaaa gostaria muito de ter um animal, pena que eu moro em Ap!